Entenda o que é o Mundo VUCA

Entenda o que é o Mundo VUCA

Entenda o que é o Mundo VUCA

VUCA é uma sigla em inglês, formada pela primeira letra das palavras: Volatility (volatilidade), Uncertainty (incerteza), Complexity (complexidade) e Ambiguity (ambiguidade). Esses quatro conceitos são usados para descrever o mundo em que vivemos atualmente, um mundo de mudanças rápidas e com diversas facetas.

Esse termo foi usado pela primeira vez no contexto militar americano, nos anos 90, para a adaptação das ferramentas e métodos frente a um ambiente extremamente imprevisível, agressivo e desafiador. O que se intensificou ainda mais depois dos atentados terroristas de 2001, que oficializaram o contexto VUCA como o do novo mundo.

Como esse conceito expressa a realidade presente nos mais distintos âmbitos da vida moderna, foi absorvido pelo mercado a partir da crise financeira de 2008.

E foi incorporado também ao mundo dos negócios, pelo impulso da globalização e da tecnologia da informação, uma vez que traduz precisamente as condições nas quais as empresas precisam planejar, atuar e obter resultados positivos.

O mundo VUCA surgiu a partir de uma sociedade cheia de possibilidades tecnológicas e globalizada, que sofre alterações diariamente nas relações e nas experiências humanas, propondo novas soluções para problemas antigos, muitas vezes com soluções eficientes, mas que já foram superadas.

O desafio maior do mundo de hoje é passar pelas transformações, cada vez mais velozes e surpreendentes, que exigem de nós uma adaptação, não só das competências, mas das nossas convicções.

É necessário que os profissionais fortaleçam suas competências e tracem metas para as empresas que possam passar por adaptação e que valorize a cultura organizacional.

O desafio do mundo VUCA é desenvolver gestão e planejamento estratégico para atender às novas demandas, que é o processo fundamental para quem deseja ter sucesso e enfrentar os desafios deste novo cenário. 

Esse desafio está baseado no quanto você pode prever os resultados de suas ações e no quanto você sabe sobre a situação.

E quais são as 4 características do mundo VUCA?

  1. VOLATILIDADE:

Caracterizada pelo ritmo acelerado com que ocorrem mudanças impactantes na vida das sociedades e desenvolvidas nas suas instituições.

No atual contexto da era da informação e do conhecimento, os dados e as evidências existentes no momento presente podem não ser suficientes para a tomada de decisão a longo prazo. 

É preciso contextualizar bem a situação e alinhar a visão com os parceiros de negócio (ou trabalho) para ser mais eficaz e efetivo.

  1. INCERTEZA:

Dentro de um contexto marcado pela necessidade de buscar conhecimento constante, potencializado por um universo de opiniões divergentes sobre a melhor estratégia a adotar, a falta de previsibilidade sobre o que acontecerá no futuro, exige uma cuidadosa análise do risco das ações a serem tomadas. 

  1. COMPLEXIDADE

No contexto do mundo VUCA, não temos uma relação concreta de causa e efeito das nossas atitudes. Sendo assim, é preciso estar aberto ao fracasso e ser ágil para reverter situações adversas. 

  1. AMBIGUIDADE

No contexto VUCA temos que repensar e atualizar nossas competências diariamente, pois quando o ambiente se altera, colocam-se novas demandas frente às nossas capacidades.

Na prática, no âmbito da gestão das instituições, a consequência deste fato é a possibilidade de ter diferentes interpretações para o mesmo evento, aumentando significativamente a probabilidade de erros na interpretação dos mesmos.

São 3 as competências para o novo mundo:

O Conhecimento – o saber;

A Capacidade – o fazer;

A Atitude – o querer fazer.

Esses elementos formam a visão da pessoa empreendedora que está focada no futuro, na superação de desafios e nas oportunidades que pode abraçar no mercado ou na carreira profissional, impulsionando as ações para que realmente se concretizem e sejam um sucesso.

De acordo com a teoria visionária de Louis Jacques Filion (Diretor da escola de negócios da Universidade de Montréal, Canadá), O empreendedor é uma pessoa que imagina, desenvolve e realiza visões”.

E quais as características desejadas para o empreendedor no mundo VUCA?

– Iniciativa e Coragem: O empreendedor aceita correr riscos e tem iniciativa para colocar suas ideias em prática. Faz isso de maneira consciente, planejada e preparado para possíveis mudanças;

– Visão Estratégica: Sempre atento sobre como a organização funciona, para estabelecer o planejamento das ações necessárias para o desenvolvimento tanto no ambiente interno como no externo, desenvolve a capacidade de aproveitar oportunidades e de ser inovador criando ações para a manutenção e crescimento da empresa;

– Liderança: Investe em ferramentas de comunicação, programas de Gestão de Talentos e Desenvolvimento Humano, ação fundamental para fazer a gestão de Talentos, mantendo um olhar atento sobre os seus funcionários, observando quais são as habilidade e competências, para melhor aproveitar ou remanejar seu capital humano;

– Capacitação: Investe na capacitação e no aprendizado, não deve se restringir aos funcionários, mas o gestor precisa se aprimorar e buscar novos conhecimentos e ferramentas, não só no âmbito profissional, mas também comportamental e do autoconhecimento. Hoje a capacidade de empreender é vista como algo que pode ser desenvolvido com o aperfeiçoamento e aprendizado das competências;

– Abertura ao aprendizado: Abre o leque das possibilidades para respostas diferentes aos desafios é uma das principais iniciativas que as corporações precisam na nova era. A máxima das empresas prontas para enfrentar a realidade VUCA é a de que não têm respostas para todos os desafios, mas estão abertos a aprender.

Na sociologia, o teórico polonês Zygmunt Bauman descreveu, em 1992, essa nova realidade como a “modernidade líquida”. De acordo com a sua teoria, nós vivemos em uma sociedade em que nada é fixo. Tudo (tudo mesmo!) é passível de mudar — o que significa que nós devemos mudar junto.

Entendo que desenvolver essas características, aliadas ao hábito de buscar novos conhecimentos, aprender a ser empático em suas relações, buscar o autoconhecimento, ter o controle de suas emoções e desenvolver seu Mindset*, se tornam tão importantes quanto saber gerir seu negócio.

É evoluir sempre!

E não se esqueça: Seja admirável nesse mundo novo a que chamamos de VUCA!

 

Renata Vidon

Deixe um comentário

× Como posso te ajudar?